logotipo da APDSIAssociação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação

Está aqui:Menu de serviço >> Resultados da Pesquisa

Estudo "O 'e' que aprende"

A utilização conjugada do multimédia e da Internet para conceber e disponibilizar conteúdos formativos e desenvolver competências à distância (“e-learning”) é um dos grandes desafios para os próximos anos.

 

A organização de classes virtuais e a interacção remota entre os vários participantes vem possibilitar alargar o ensino e a formação profissional a regiões afastadas e converter cada lar ou local de trabalho numa sala de aula.

O ensino à distância cria um novo contexto onde o aluno assume um papel decisivo na gestão do tempo e do seu processo e ritmo de aprendizagem.

Observações

Publicado em Mar 15, 2006 , por APDSI em Categoria: Educação

Partilhar

Documentos produzidos

  • icone para PDF
    Programa do evento de apresentação
  • icone para PDF
    Estudo o E que Aprende

    Lisboa, 20 de Março de 2006 – Embora de uma forma menos rápida do que era desejável, o e-Learning tem registado progressos como ferramenta de aprendizagem ensino e formação ao serviço de empresas, instituições de ensino e Administração Pública em Portugal. Este é um dado adquirido para as três equipas que constituíram o grupo de estudo da APDSI que, ao longo de dois anos, reflectiu sobre os benefícios e condicionantes à implementação desta modalidade no nosso país e que no passado dia 15 apresentou o relatório "O 'e' que aprende", resultado dessa troca de ideias.

    O modelo pedagógico surge como um dos factores determinantes no e-Learning, na opinião do grupo de estudo, mais precisamente no entendimento de um dos subgrupos que o constituiu, o dos Modelos Pedagógicos, que defende que essa importância se reflecte em vários aspectos, desde a concepção de conteúdos, à avaliação do projecto.